quinta-feira, 16 de agosto de 2007

E-mail causa estresse no trabalho, diz estudo


Fonte:

GLOBO.COM - http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL89158-6174,00.html

Escoceses afirmam que mensagens geram estresse para 34% dos trabalhadores. Pressão dos empregadores por respostas rápidas é principal reclamação.

Apesar dos benefícios, a tecnologia é uma crescente fonte de estresse para os trabalhadores, principalmente os e-mails. Pesquisadores da Universidade de Glasgow e da Universidade de Paisley, ambas na Escócia, encontraram em um estudo que a pressão para responder imediatamente às mensagens era causa de estresse para 34% dos empregados -- mulheres são ainda mais atingidas do que os homens.

Segundo o site "The Register", o estudo foi produzido buscando o impacto do e-mail na vida dos trabalhadores. Segundo a pesquisa, as interrupções devido às mensagens estavam prejudicando o trabalho e causando ansiedade. Os resultados mostraram que os empregados estimam muito por baixo o número de vezes que checam seus e-mails. Metade dos participantes afirmou olhar suas mensagens mais de uma vez por hora, e 35% disseram fazer a checagem a cada 15 minutos. No entanto, os pesquisadores utilizaram softwares para o monitoramento de computadores, conferindo as respostas e encontrando que, na verdade, um trabalhador típico olha seus e-mails de 30 a 40 vezes por hora.

“Muitas pessoas parecem se sentir pressionadas pelo e-mail e sentem essa pressão negativamente como estresse”, afirmou a pesquisa. Mulheres, em particular, tendem a se sentirem mais do que os homens.

“O e-mail é o responsável por a maior parte dos problemas no ambiente de trabalho. É uma ferramenta incrível, mas que perdeu o controle”, afirma Karen Renaud, da Universidade de Glasgow. “A prática de checar e-mails não apenas gera estresse, mas também é contra-produtiva”.

O estudo verificou os hábitos de trabalho de 177 pessoas e concluiu que os empregadores devem aliviar esse estresse ao não colocar pressão em seus empregados para que eles respondam aos e-mails imediatamente. Além disso, é preciso diminuir o tempo dedicado aos e-mails para evitar impactos negativos no trabalho.

Um comentário:

Mário Bernardo disse...

Parabéns pelo site...www.mariogarrote.psc.br......
Parabéns pelo site...www.mariogarrote.psc.br......
Parabéns pelo site...www.mariogarrote.psc.br......