sexta-feira, 13 de novembro de 2009

ENTREVISTA com FANNE AQUINO (Psicóloga Organizacional)

Bom dia!

Amigos do blogg, a partir de hoje teremos uma entrevista com algumas questões que tratam do processo de recolocação no mercado de trabalho com profissionais de Psicologia e de RH e demais Gestores que no mercado de trabalho de Manaus-AM.
Espero que aproveitem as observações apresentadas por estes profissionais nas perguntas formuladas.
A profissional entrevistada hoje é a colega FANNE AQUINO que atua no Grupo Simões empresa muito respeitada no mercado local.

Psicóloga Fanne o meu muito obrigado por estar participando dessa estreia.


1) - O que você faz profissionalmente em Manaus?
Trabalho GS, sou psicóloga, seleciono para o corporativo e concessionárias do Grupo.

2) - Por que voce divulga as vagass de emprego em Manaus?
Porque? Porque buscamos candidatos, e essa é uma fonte maravilhosa de busca externa. Devido a isso, economizamos em anúnicos em jornais da cidade.

3) - Na sua opinião os profissionais estão preparados para serem demitidos?
Muitos não. Quando divulgamos vagas, chegam vários Cvs, porém com a triagem esse número de candidatos no perfil diminui bastante dificultando nossos prazos. Temos bastante vagas, porém pessoas qualificadas para ocupá-los, não.

4) - Houve algum pedido de emprego que voce julgou diferente dos demais?
Em relação a divulgação de vagas? Acho alguns anúncios que prcisam reformulados, por ex: Precisa ter experiência de 3 anos (isso não pode, Legislação), De tal a idade até certa idade, (essa triagem somos nós que fazemos, assim descartamos muita gente, pessoas que podem até ter potencias para outras vagas, trabalhar o banco de vagas é uma boa nesses casos. CV com FOTO, (sem comentários).. entre outros.

5) - Quais são as suas sugestões para quem está desempregado?
Não parar, sempre está buscando se aprefeiçoar, além do mais saber qual é realmente seu foco, muitas pessoas por estarem desempregadas aceitam qualquer tipo de emprego, assim afastando-se do seu próximo degrau. Também trabalhar seu lado comportamental, pois as empresas contratam bastante com foco em competências comportamentais, por ex: se o candidatos conhecer 40% e for 60% comportamental, bingo! Basta o gestor imediato moldá-lo conforme a necessidade.

6) - Você acha que as empresas estão preocupadas com quem irá ser demitido?
Fico em dúvidas, porém isso varia de empresa para empresa. Todo caso é um caso, desligamento com justa causa, sem justa causa, iniciativa do empregado. Agora uma coisa é certa, as empresas precisasm de pessoas dinâmicas, pró-ativas e com senso de urgência, se por algum motivo algumas competências não atenderem, qualquer que seja o funcionário não se cria na empresa.

7) - O que voce pretende fazer para ajudar mais ainda os profissionais que venham a ser demitidos?
Sempre que posso, peço o CV e encaminho para alguns contatos de RH. Um procedimento bem legal que faço não é só pedir o CV, porém é dar dicas e arrumar o CV para uma melhor visualização do selecionador.

grande abraço

Um comentário:

Francisco Almeida disse...

Parabéns Fanne ótima entrevista,

Creio que não é somente uma simples entrevista mais um ponto de vista que deve ser analisado pelo demais profissionais da área de seleção.


"Se você quer transformar o mundo, experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal e realizar inovações no seu próprio interior."

wall-e