quarta-feira, 18 de julho de 2007

Tragedias - Dor para quem as sofre


Tragedias - Dor para quem as sofre!
Ninguém pode livrar os homens da dor, mas será bendito aquele que fizer renascer neles a coragem para a suportar. (Selma Lagerlof)
Esta é a minha singela oferta para a reflexão de todos nós, para que possamos pensar sobre o sofrimento das pessoas e, ainda sobre aqueles que se abatem sobre cada um de nós.
Qualquer tipo de perda na essência mexe muito com cada um de nós. E ontem, o nosso país, se viu envolvido com mais uma notícia de perda, de dor, que foi o fato do acidente acontecido com o avião da TAM, aonde, pereceram mais de 100 pessoas.
Em psicologia existe um termo que reflete este processo de digestão, se assim posso me exprimir, que é a fase que todos nós temos para lidar com a dor, o sofrimento: é o LUTO.
Apenas o tempo, o apoio dos familiares, de amigos e dos profissionais da área médica e de saúde mental que forem acionados poderão contribuir para aliviar esse processo emocional. Além, é claro da fé em DEUS que cada um cultiva. A vivência desta perda é de cada um daqueles familiares que encontram-se envolvidos nesse processo, mas também, para cada um de nós que não fomos diretamente atingidos, mas somos parte desta familia brasileira, da familia universal.
Assim, rogo a Deus, muita serenidade a estes familiares e competência para os nossos governantes para diligenciarem as medidas necessárias para a solução deste e de outros problemas em nosso país que startam em todos nós momentos de dor e sofrimento.
FabricioMenezes
Psicologo e Analista RH
CRP 01/11.163

2 comentários:

Eta disse...

Sem dúvida é um momento de provação e de reflexão para todos nós que de alguma forma tomamos contato com essa dor.

Proponho, entretanto, que não apenas lamentemos, mas que possamos retirar do sofrimento o aprendizado necessário que nos permita valorizar a vida, mais que a morte.

Como a compreendo, a morte trata-se apenas de uma passagem e a vida continua na espiritualidade.

Um abraço fraterno.

FabricioMenezes disse...

Grato pela colaboracao, ETA.