sábado, 14 de novembro de 2009

ENTREVISTA com MARILIA DESIDERI

1) - o que você faz profissionalmente em Manaus?


Trabalho em Recursos Humanos com R&S e T%D.

2) - por que voce divulga as vagass de emprego em Manaus?

Porque atuo no mercado de Manaus.

3) - na sua opinião os profissionais estão preparados para serem demitidos?

Você fala de profissionais que serão demitidos, se eles estão preparados para receber a notícia? Bom, geralmente ninguém está preparado para ser  demitido. O que se pode e no meu ponto de vista se deve fazer é explicar exatamente os motivos que levaram a empresa a tomar essa decisão e portar-se
amigavelmente, uma vez que como atuante da área de psicologia, nós profissionais de RH devemos ter atenção no impacto que isso causará na  pessoa. Um desligamento tranquilo é sinal de um processo de demissão tranquilo e de uma gestão estável desse colaborador. Desligamentos  acompanhados de processos e angústias são sinais de processos de demissão tensos e mal esclarecidos. Portanto, uma entrevista de desligamento objetiva, centrada e equilibrada é o ideal para a empresa e para o colaborador.

4) - houve algum pedido de emprego que voce julgou diferente dos demais?

5) - quais são as suas sugestões para quem está desempregado?

Não se pode mais dizer que "o desemprego é grande". Na verdade, o que acontece no nosso país é que o despreparo é grande. Temos sempre notícias de vagas desse ou daquele cargo. O que falta? Mão-de-obra qualificada. Infelizmente algumas pessoas se acomodam com empregos temporários ou qe não
requerem um pouco mais de preparo intelectual. Mas o ideal seria ver essas oportunidades como temporárias sim, até a pessoa se formar no Ensino Médio, entrar para uma faculdade ou fazer um curso específico, para se tornar especialista em alguma coisa e assim, ser uma mão-de-obra qualificada.
Aproveitar o tempo que se tem para fazer cursos de informática, de inglês entre outros é uma ótima idéia. Daí na próxima oportunidade além de ter mais facilidade para encontrar um emprego que pague bem, a pessoa ainda poderá escolher entre vagas de emprego (qualquer um pode ser operador de máquina, mas só quem tem um curso específico pode trabalhar com Empilhadeiras, por exemplo).

6) - vc acha que as empresas estão preocupadas com quem irá ser demitido?

Assim como as pessoas não estão preocupadas se o dono da empresa vai perder dinheiro com o desperdício, a empresa também não tem como foco a preocupação com a vida do colaborador em si, até porque existe todo um amparo por parte do Ministério do Trabalho em relação a valores e métodos de desligar essa pessoa da empresa. O que existe é o respeito a essas diretrizes e é claro,
uma avaliação minuciosa de quem realmente deve ser desligado ou se determinado motivo é mesmo válido para desligar alguém. Esse cuidado faz parte da cultura da empresa, e é muito subjetivo.

7) - o que você pretende fazer para ajudar mais ainda os profissionais que venham a ser demitidos?

A Entrevista de Desligamento por parte do RH e do próprio supervisor do Colaborador é importante também para isso. Carta de Recomendação também ajudam na situação.

Nenhum comentário: